"Nunca desista, nunca volte atrás, nunca perca a Fé!!!"
[Desafiando Gigantes]

Vou conseguir!!!

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Nós somos os grandes realizadores e responsáveis pela nossa história.


Bom dia Miguxas!!!

Como havia dito ontem, estou às pressas para concluir alguns trabalhos da facul... Graças à Deus, hoje o de Direito ja´está pronto!(devo entregá-lo hoje!) Ainda estou correndo com os outros dois... Mas eu dô conta!

O título do post de hoje, é a respeito de um texto que li do ilustrissimo Gasparetto. Ele nos enriquece com suas sábias palávras, não é?! Eu particularmente, a.do.ro!!!

Bem, com esse texto caí na minha dura realidade... Eu sou mesma responsável por tudo que tenho colhido. Mais ninguém pode ser culpado por meus erros além de mim mesma. Esse texto já é conhecido pela internet, mas como o próprio Gaspartto escreveu: "possui um conteúdo riquíssimo."
Espero que sirva para de lição para vida de vocês como serviu para mim...

"Se a sua não está caminhando exatamente como você deseja, pare e pense nas suas condutas, atitudes e posturas. Por certo, a resposta que a levará para o caminho da realização está dentro de si mesma."
Aí vai o texto:“Um dia, quando os funcionários de uma empresa chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estavam escritas as seguintes palavras:‘Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida nesta empresa. Você está convidado para o velório dela, que será realizado na quadra de esportes.’No início, todos os funcionários se entristeceram com a morte de alguém do trabalho. Porém, depois de algum tempo, eles começaram a ficar curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento profissional na empresa.

A agitação na quadra de esportes era tão grande que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação da multidão aumentava mais ainda:
- Quem será que estava atrapalhando o meu progresso?
- Ainda bem que esse infeliz morreu!

Um a um, todos os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor a fim de descobrir quem era o defunto, engoliam seco e saíam de cabeça abaixada, sem comentar nada uns com os outros. Os que olhavam o caixão ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma, e dirigiam-se para suas salas. Os outros, muito curiosos, mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a vida de cada um deles. A pergunta ecoava na mente de todos: ‘Quem está nesse caixão?’
No visor do caixão havia apenas um espelho, e cada um que olhava para lá via a si mesmo. Só existe uma pessoa capaz de limitar o seu próprio crescimento: você mesma!

Você é a única pessoa que pode promover uma grande revolução na sua vida.
Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida.
Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesma.
Sua vida não muda quando seu chefe muda, quando sua empresa muda, quando seus pais mudam, quando seu namorado muda, e por aí vai. Sua vida muda... Quando você muda! Afinal, você é a única pessoa completamente responsável por ela!"

O mundo é como um espelho que devolve para cada pessoa apenas o reflexo dos seus próprios pensamentos.(Amei essa frase!!!) A maneira como você encara a sua vida é que faz toda a diferença. Sua vida muda quando você muda!(E essa também!!!)

Queridas... acho que esse texto já diz tudo o que precisamos saber, né?! Então, findo por aqui o post de hoje.
Beijux enormes na pontinha do coração de cada uma de vocês.
PS. Visito vocês mais tarde, ok?!?!

Um comentário:

Penélope disse...

Oi Alessandra, conheci seu Blog pelo Blog da Gisele e gostei muito, vou te linkar para voltar mais vezes.

Com relação ao texto, é bastante interessante, o Gasparetto tem umas sacadas legais, apesar de às vezes achá-lo meio rude. Não sei, talvez algumas pessoas precisem ouvir palavras fortes, mas é sempre preciso levar em consideração que cada um de nós temos uma história e que, muitas vezes, somos vencedores só de estarmos aqui, vivos e presenciando o dia de hoje.

É claro que as mudanças dependem unicamente de nós mesmos, da nossa força de vontade, persistencia, perseverância e fé. Nunca desistir, ter ideais, sair em busca da nossa felicidade e buscar a nossa auto estima. Dar o primeiro passo é sempre o mais difícil, mas isso nós já demos, né?

Um grande beijo e força na sua Ra.
Torço por ti.

 

  © 2008 Produzido por Belíssima Web